cibersegurança sistema4

O Mês Europeu da Cibersegurança (European Cyber Security Month - ECSM) é uma campanha de sensibilização que decorre durante o mês de outubro.
Pelo décimokp ano consecutivo, a Comissão Europeia e a Agência da União Europeia para a Cibersegurança dedicam o mês a promover e reforçar a cibersegurança entre os cidadãos e organizações. O objetivo desta campanha é sensibilizar para a temática, fornecendo informação através de atividades em toda a Europa, incluindo conferências, workshops, formações, webinars, apresentações e muito mais.

Todos os anos a campanha incide sobre um tema diferente. Este ano o tema é o phishing e o ransomware, duas ciberameaças cada vez mais praticadas.

 

Vamos clarificar estes temas

O que é o phishing?
É uma técnica usada para obter informações confidenciais, como dados pessoais e detalhes de contas bancárias.
O termo “phishing “ teve origem na palavra inglesa “fishing” que significa pesca, e é desta forma que os atacantes tentam obter os dados pessoais das suas vítimas. O “isco”, que pode apresentar-se sob a forma de email ou mensagem de texto com links, é lançado. Ao clicar nos links, a vítima é direcionada para um website falso, onde é convidada a iniciar sessão com as suas credenciais. A partir do momento em que preenche os campos com as suas informações, os atacantes têm acesso a dados pessoais e têm total liberdade para esvaziar contas e roubar identidades.

E o ransomware?
O ransomware é um software malicioso que restringe o acesso ou insere dados comprometedores num dispositivo pessoal. Este software impede os utilizadores de aceder aos seus ficheiros e, muitas vezes, chega a ser exigido um pagamento para que o acesso seja devolvido.
À semelhança do que acontece com o phishing, no ransomware, o software chega muitas vezes sob a forma de email, que contém anexos ou links maliciosos.

Como me posso proteger destes ataques?
Eis algumas coisas que podes fazer para te protegeres destes ciberameaças:

  • Não abras emails ou mensagens de remetentes que não conheces;
  • Não cliques em links suspeitos, seja num email ou numa mensagem, sem saberes exatamente de onde vêm;
  • Não abras anexos, a não ser que tenhas a certeza absoluta da sua origem;
  • Usa sempre a aplicação/website oficial;
  • Não partilhes dados pessoais nem passwords;
  • Se receberes uma chamada telefónica suspeita, desliga imediatamente e não forneças dados pessoais;
  • Nunca uses pens USB que não sejam de total confiança;
  • Usa proteção contra vírus em todos os dispositivos;
  • Realiza regularmente cópias de segurança dos teus ficheiros;
  • Usa passwords fortes;
  • Realiza atualizações nos teus dispositivos.
toTop